CONTEÚDO SÓLIDO

O estado sólido é um estado da matéria, cujas características são ter volume e forma definidos (isto é, a matéria resiste à deformação). Dentro de um sólido, os átomos ou as moléculas estão relativamente próximos, ou "rígidos". Mas isto não evita que o sólido se deforme ou comprima. Na fase sólida da matéria, os átomos têm uma ordenação espacial fixa, mas uma vez que toda a matéria tem alguma energia cinética, até os átomos do sólido mais rígido movem-se ligeiramente, num movimento "invisível".

Please, call me Amanda

Por favor me chamem Amanda. Sei que mulher não sou, mas não sou homem também. O Ricardo se foi, e agora prefiro ser só Amanda. Não carrego mais aquele peso todo entre as pernas. Mas carrego um peso que a cirurgia não me tirou. Carrego a dor que a alma insiste em esconder. A dor de ter perdido a familia numa escolha, a dor de perder os amigos, a dor da vergonha que sentem daquilo em que me transformei. A dor que nenhum remédio jamais conseguiu eliminar.
Ainda assim me sinto mulher, mas sei que o silicone não transforma meu peito em um seio. Sei que nunca terei um seio. Sei que mulher não sou. Sei que hormônios contribuem um pouco, mas nunca me farão mulher. Minha voz que não consigo disfarçar, sempre me entrega. Meu andar em cima do salto ainda é desconjuntado. Meus pêlos ainda são grossos. Meus quadris ainda são retos demais. Cintura eu nunca terei. Minhas mãos são grandes e grossas. Minhas unhas: postiças. Meu sexo: indefinido. Nem mulher, nem homem.
Todo esforço que faço é sempre falho. Por mais inteligente que eu seja, ainda serei aquela 'bixona' que quase ninguém quer ter em sua empresa. Sempre serei aquela 'bixona' que ninguém irá contratar para educar o seu filho, cuidar do seu bebê, fazer o seu parto, enfim, não me bastam esforços.
Nem Ricardo, nem Amanda. O que me dói é saber que não sou mais homem, e nunca serei mulher, serei sempre transição, serei sempre trans. Nem Ricardo, nem Amanda.

1 SOLTEOVERBO:

"o gênero é o que há de mais específico e fixo, tudo muda na vida..."

 

Postar um comentário