CONTEÚDO SÓLIDO

O estado sólido é um estado da matéria, cujas características são ter volume e forma definidos (isto é, a matéria resiste à deformação). Dentro de um sólido, os átomos ou as moléculas estão relativamente próximos, ou "rígidos". Mas isto não evita que o sólido se deforme ou comprima. Na fase sólida da matéria, os átomos têm uma ordenação espacial fixa, mas uma vez que toda a matéria tem alguma energia cinética, até os átomos do sólido mais rígido movem-se ligeiramente, num movimento "invisível".

'Ser ou não ser, eis a questão'

Sabe qual é o nosso problema? A gente quer ser algo, merecer algo, fazer algo, quando na verdade nós fomos chamados para não ser. Sim! Não ser! E não! Eu não estou louca, não por isso! A bíblia nos diz que Deus chamou os que não são para aniquilar os que são, a fim de que ninguém se glorie perante Ele. Somente Deus é digno de glória. A verdade é que o Pai nos chamou pra que Ele reinasse em nós, para ser Deus em nossas vidas, ser o Senhor de nossa vida, porque na verdade nós nada somos, Deus é.
A bíblia diz que não se pode servir a dois senhores, lembram? Bom, geralmente a interpretação que se faz é que não se deve servir ao diabo e a Deus, ou há de servir a Deus ou há de servir ao diabo, mas sabe de uma coisa, tem um outro deus por aqui, que tem sido tão cultuado quanto o diabo, ou até mais. Este 'deus' infelizmente tem sido pregado e cultuado dentro das diversas instituições que se dizem ser a Casa de Deus. Este 'deus' é o Ego. Sim! O ego! Dê uma olhada a sua volta, quais tem sido suas buscas, pra quem você tem vivido, por quem você tem vivido? Não estou aqui pra acusar! Mas, é só dar uma olhada ao redor, esse tal evangelho do eu, de mim pra mim, cara, isso é tenebroso, e vai contra tudo o quanto diz respeito ao Evangelho! O Evangelho real, de Deus para Deus(porque Dele, por Ele, para Ele são todas as coisas), é pra glória Dele, não nos esqueçamos. Então não tem essa de servir a dois senhores, ou há de se servir a Deus ou há de se servir a você mesmo. Mais uma vez cabe aqui lembrar aquele lance de negar a si mesmo, tomar sua cruz, ou você se esqueceu dela?
Sabe o que mais me irrita nisso tudo? Estão desprezando a graça de Deus, desprezando o calvário, o que pra mim é inadmissível. Quando é que vamos entender que somos frutos da graça de Deus, e se é pela graça, então independe do esforço humano. Ou você acha mesmo que o seu esforço te garante algo de Deus?
Nossa preocupação não deve ser em fazer algo pra Deus, mas sim em nos dispor diante da vontade de Dele, para que Ele faça algo em nós, através de nós. Lembre-se que a palavra de Deus é viva e eficaz, Deus não requer que nós aprimoremos o evangelho, ele é simples sim, mas eficaz também!
Infelizmente, nesse mundo onde o 'deus' ego reina, existe uma intensa preocupação em satisfazer a vontade desse 'deus'. Todas as orações são voltadas para os interesses dele, e até mesmo os louvores. Ou você não reparou como o nome dele(eu) aparece nos louvores? É me abençoe pra cá, me encha pra lá, e uma infinidade de reivindicações. Quando não, acham-se merecedores, exigindo a benção ainda que não merecida, na verdade nem a salvação seria merecida, mas disso eles nem se lembram.
A soberba e a altivez de diversos lideres, que se acham donos de grandes rebanhos. Eles até que cumprem o ide. Só que acabam por fazer discípulos de si, ao invés de fazerem discípulos de Jesus. Eu achei que a obra era de Deus. Todavia, eles tem tomado conta da obra, usado de persuasão pra convencer os 'pecadores' quando na verdade quem deveria convencer era o Espírito Santo, querem ganhar almas no grito, expulsar demônios no grito, ganhar ofertas no grito, tudo no grito, anulando o que a própria palavra diz 'não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito'. E com os pulmões cheios de ar dizem 'meus discípulos'. E eles cuidam bem de suas ovelhas, pressionando-as como se o Espírito Santo fosse inútil, e esquecem-se também aquele lance que Jesus disse aos discípulos, que o Espírito Santo seria nosso Ensinador e nos ensinaria em tudo.
E a bíblia fala desses caras, 'porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre: e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simplices'(Rm. 16.18).
E sua arrogância não acaba por aí, vez ou outra dão pra criticar os outros irmãos por seus métodos evangelísticos. É sim! Já criaram até métodos evangelísticos, e não me pergunte sobre eles. Questionam a fé do próximo, suas atitudes, e nem ao menos limpam seu umbigo. 'Examina-se pois o homem a si mesmo'? Pra que? Eles preferem examinar o próximo. Agora são até médicos. Se acham donos da verdade. Poxa, eu pensei que Cristo fosse a verdade, então quer dizer que querem ser donos de Cristo também?
Estão sempre querendo dar uma 'ajudinha' pra Deus, como se Ele precisasse de nós. Nós é que carecemos de Deus, isso não é óbvio pra você? O que Deus quer é Reinar em nós. Que seja verdade quando cantarmos na igreja 'Reina em mim, Deus'.
Apóstolo Paulo quando disse 'já não sou eu quem vive, mas Cristo é que vive em mim' não estava brincando. Temos que morrer mesmo! Pra que conquistemos a vida de Deus, é necessário que nós morramos pra nós mesmos. Quando é que vamos deixar de reinar pra dar o posto Àquele que é digno do trono?


Seja a expressão do próprio Deus, isso basta.


Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor!

Eu conheço a Deus?

Enquanto não quebrarmos essas barreiras que a religião nos impõe não conheceremos o verdadeiro evangelho de Cristo. Eu tenho perguntando muito a Deus porque temos tanta dificuldade de amar o próximo, e tenho três hipóteses:1)Porque o próximo está próximo, daí vemos os conflitos, intrigas, invejas, talvez se não estivesse perto seria mais fácil? quem sabe; 2)Porque existe alguém mais próximo a nós que é o nosso Ego, que consome todo o nosso amor;3)Que próximo?
É tudo parte de nosso egoísmo, nosso ego ainda pulsa e vive, daí se torna difícil a caminhada cristã. Contudo, quando você reconhece sua verdadeira posição, quem você é, ou seja nada, daí Deus passa a ser em você, e esse amor pelo próximo se torna possível, a ponto de alcançar o próximo. Nossa natureza humana é muito vaidosa, orgulhosa... Às vezes, não, sempre, rs, nós dizemos que amamos o próximo, pode até ser verdade, mas a pergunta que se deve fazer é: você ama o próximo como você se ama? Sabe, eu tenho refletido muito nisso! Se de fato amássemos o próximo como a nós mesmos, lutaríamos por sua salvação como lutamos pela nossa, não deixaríamos um mendigo viver na forma deplorável que ele vive porquanto nós mesmos não nos permitimos viver assim, não deixaríamos uma prostituta viver em lugar de vergonha, destruindo o seu corpo, a sua alma...simplesmente, porque nós não fazemos isso com nós mesmos, tendo em vista que nós temos amor próprio, nos cuidamos, nos alimentamos, nos amamos...
Ainda nos falta tanto, e todo dia oro a Deus, pra que Ele me ensine a amar, porque eu verdadeiramente não sei!
Vale lembrar:
1João 4:8 "Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor."
Será que, de fato, conhecemos a Deus?

Confissões de uma hipócrita

Você já assumiu sua hipocrisia, sua mentira? Você não é sincero! Até quando vai mentir pra si? Até quando os outros precisam acreditar que sim quando na verdade é não, e vice versa? Quando sua máscara vai cair?
Estou aqui pra assumir minha hipocrisia. Assumir meu erro, meu egoísmo, assumir que muito quero e nada faço, muito desejo e pouco busco. Assumir que muitas vezes meus discursos são mais intensos que minha atitudes. Assumir que nem sempre tenho atitudes, às vezes me limito apenas aos discursos. Assumir que vou toda semana ao salão de beleza, muitas vezes até reclamo da comida que enche meu estômago, reclamo que não tenho roupa quando na verdade meu guarda-roupa está lotado. E não me venha falar dos pobres e desabrigados! Você não se preocupa com eles, e se se preocupa, é muito pouco! Pouco o suficiente pra nada fazer, pouco o suficiente pra não se mover. A verdade é que todo discurso é um tanto demagogo, assim como esse que você lê agora. Se estivéssemos tão preocupados em fazer o que sugerimos que seja feito, não nos permitiríamos perder tanto tempo, perderíamos nossa vida em favor daquilo que deve ser feito. Não nos preocuparíamos com questões tão tolas do nosso cotidiano.
Hoje, eu reconheço que menti. Menti quando disse que amava. Menti quando disse que me preocupava, quando na verdade eu nem ao menos via. Menti quando disse que os meninos de rua deveriam ter um lar, quando na verdade fechei o vidro do carro com medo de sofrer um ataque. Menti quando disse que amava o evangelho de Cristo, quando na verdade eu nem ao menos toquei em minha cruz, nem cheguei ao ponto de carregá-la. Menti quando disse que faria tudo pelo Reino, quando me envergonhei, tremi, e não falei, não distribuí, não amei, apenas menti.

Ainda assim...

Você já parou pra pensar o que passa dentro da mente de um dependente químico? Já parou pra pensar o porque das pessoas se drogarem? Será mesmo que é pelo simples prazer da droga? Essa semana, eu vi um vídeo que mostrava o cotidiano de alguns dependentes de heroína e parei pra tentar entendê-los, não que isso seja possível, mas eu tentei.
Sabe, eu nunca usei drogas. Tive uma boa educação, não que isso signifique algo, contudo já cogitei muitas vezes em usar. Sabe aqueles momentos em que você quer fugir do mundo, se esconder de tudo ao seu redor, se fechar em si mesmo, se isolar? Às vezes eu me sinto dessa forma. Às vezes eu não quero ouvir ninguém, falar com ninguém, ver ninguém. Vendo aquele vídeo, eu me senti como aquelas pessoas, não entorpecida, nem com furos nos braços, mas eu pude perceber que elas buscavam uma fuga, buscavam esconderijo.
Naquela hora, eu pude entender, e por mais triste que eu estava vendo aquelas cenas, me senti grata a Deus por Nele encontrar refúgio. Quando nos sentimos assim é que Deus nos olha com imenso amor e diz: Não temas, eu te ajudo! Eu insisto em achar que o que as pessoas buscam nas drogas, no álcool, elas encontrariam em Deus. Existe uma parte em nós que anseia por Deus, anseia por proteção, refúgio. O mundo está cheio de problemas sim! Mas existe alguém maior. Maior que nós e que nossos problemas. Às vezes nos sentimos tão pequenos, que nos escondemos, fugimos da realidade, contudo nada pára ao nosso redor, por mais que não vemos tudo continua seguindo o seu curso, e não há porque continuar fingindo que não. Uma vez eu li um livro que dizia que nós muitas vezes temos tanta pressa que acabamos por deixar nossa alma pra trás. Já dizia minha avó que a pressa é inimiga da perfeição, às vezes é necessário parar, e até mesmo voltar, ouvir o que Deus quer nos falar. O mundo cria tanta coisa, são tantas preocupações, tantas buscas vãs. Existem pessoas tão vidradas em encontrar a felicidade que estão se esquecendo de viver.
Eu paro pra olhar a grandeza da criação de Deus, a imensidão do céu, do mar...
A criação nunca é maior que o seu Criador! Por maior que seja sua dor, suas preocupações, problemas, ainda assim Deus é maior!




Ah, quem quiser ver o vídeo tá aí...